terça-feira, 2 de setembro de 2008

Empreendedorismo português...

Falando em bombeiros, fiquei chocado com a prisão de um soldado da paz em Marvão, Alentejo. Numa altura de crise económica, em que o emprego é um bem precioso, em que António Borges nos recomenda inovação e imaginação na actividade económica, prende-se um homem que criou o seu próprio emprego e que contribuiu para o número de postos de trabalho que o nosso Primeiro-Ministro prometeu criar até ao final do ciclo legislativo. Ok... O homem era bombeiro e ateava fogos, mas não deixou de ser mais empreendedor que muitos...

Sem comentários: