terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Acho que, definitivamente, sou um gajo modesto…

Tenho sido um dos salvadores de não sei quantas instituições bancárias e de uma infinidade de empresas; tenho sido um dos faróis para o sistema financeiro português nestes tempos de tormenta e tempestade, mas continuo o mesmo! Deve ser o carácter distintivo dos verdadeiros super heróis… E, vocês, como têm lidado com o vosso estatuto de salvadores do sistema financeiro?...

Sem comentários: