terça-feira, 24 de novembro de 2009

Tolice popular...

Manifesto, regularmente, um grande apreço pela sabedoria popular. Há provérbios, expressões coloquiais e dizeres que passam de geração para geração e que encerram, numa aparente e enganadora simplicidade, significados e sentidos muito poderosos e acertados... No entanto, garanto que a cena do "longe da vista, longe do coração" é treta! E das grandes...

3 comentários:

Solinhos disse...

"Quem espera, desespera" é mais verdadeiro...

Está quase!

Cátia Oliveira disse...

:) O processo de espera é sempre compensado...

psilipe disse...

Desesperar, nunca... Até porqeu a compensação está cada vez mais perto... :)