segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Diz que é uma espécie de deputado... Carlos Peixoto

Seguindo a lógica de pensamento (utilizando uma figura de estilo, a hipérbole, na caracterização da actividade mental do visado) de Carlos Peixoto, ilustre deputado do PSD, sobre o casamento homossexual, apetece partilhar das suas inquietações morais. É que qualquer dia, nestes tempos de desventura moral, isto chega a um ponto tal em que a lei permite coisas tão improváveis como o enlace matrimonial entre pessoas “normais” e seres chamados Carlos Peixoto que assentem o traseiro no parlamento português na bancada do PSD…

* O que será que Maria José Nogueira Pinto, colega de bancada** parlamentar do Carlos Peixoto, terá a dizer sobre as declarações do seu colega de partido?...

** Nunca tinha pensado o quão adequada é a palavra bancada***, quando aplicada ao local onde se posicionam os deputados.

*** Bancada: s. f. Conjunto de pessoas que se sentam numa bancada... (E que não se sentem na obrigação de fazer muito mais do que isso).

Sem comentários: