domingo, 10 de janeiro de 2010

Vá lá... Chamem-me uma menina.

Aqui há dias, naturalmente por mero acaso* (...), dei de caras com este vídeo. Se calhar esta coisa da paternidade tornou-me uma menina, emocionalmente falando, mas acho que é verdadeiramente emocionante e bonito. Sem brincadeira e sem emoções fast-food à mistura.



* Sim... eu também vejo, de quando em vez, a Oprah. Acho que se apanham testemunhos interessantes, que se consegue ter uma ideia melhor daquilo que são os EUA (além dos estereótipos e preconceitos), muito embora não simpatize puto com a senhora.

2 comentários:

Guilhim disse...

Não te imaginava a ver a Oprah... mas gostos à parte... também vi esse episódio... chorei baba e ranho e a coisa que tenho mais parecido com um filho é um cão!!

Como é que está a princesa Mariana?

Beijinhos para todos!

psilipe disse...

Mas quem é que disse que eu vejo a Oprah?! ;)

Está tudo ok, felizmente, com a princesa, que está em preparação para a viagem para terras açorianas.

Bjs