sexta-feira, 6 de maio de 2011

Mais um lugar esquecido...

Na minha recente saga pelos lugares esquecidos deste mundo, lembrei-me de uma "expedição" ao local onde se encontra um avião despenhado, em plena Serra de Santa Bárbara, na Terceira. O local impressiona pelo número de destroços existentes e pelo facto de se tornar claro, ao primeiro olhar, que se tratou de um acidente mortal para os ocupantes.

O passeio até aos destroços é excepcional, acompanhando a cratera da Serra de Santa Bárbara. É um trilho fácil de fazer, apesar de, com o tempo mais instável, poder ser escorregadio... Caso haja nevoeiro, o que é comum na zona, os cuidados deverão ser redobrados.

O avião em questão é um Aviocar (modelo CASA C-212-100), matrícula 6518, que se despenhou em 5 de Julho de 1978 *, proveniente da Base das Lajes. Os três tripulantes faleceram (de apelidos Lavrador, Bettencourt e Vitorino). Foi o segundo acidente envolvendo os Aviocar da Força Aérea Portuguesa, depois de um acidente em 1976, com um aparelho da BA3. Foram os únicos dois acidente graves com os Aviocar.

O aparelho despenhado é semelhante à foto que coloco abaixo...


No loca é possível observar diversos destroços, que são demonstrativos da violência do impacto, o que aumenta a sensação de estranheza que vivenciamos quando estamos perto dos mesmos...











* Sendo que 5 de Julho é a data em que veio mundo este vosso criado...

3 comentários:

Corsário de Segunda disse...

Registo fantástico!
Tenho pena de quando passaei pela Terceira, aqui há uns anitos, não ter feito essa escalada...
Obrigado pela partilha!
Rui Ferreira

psilipe disse...

Caro Rui,

seja bem vindo nesta minha humilde sala de estar electrónica!

A caminhada até ao Aviocar é excelente e os destroços são impressionantes, sendo possível ver alguns pedaços bem interessantes do avião. As fotos não são brilhantes, uma vez que não traduzem alguns pormenores. Hei-de lá voltar nos próximos tempos e postarei aqui novas imagens.

Saudações!

José Sales disse...

Estive lá houje 18 05 2014 mas já nada se parece com as fotos que aqui estão , o mato está mais densso e o trilho até a um certo ponto não é mau de todo mas o resto qualquer maluco faz.