sexta-feira, 1 de julho de 2011

"Aconselhamento filosófico"

Acabei de perceber que existem consultórios especializados em "aconselhamento filosófico", que referem que tratam, orientam tudo e todos. Já sabia, também, que existiam consultórios em Psicologia Transcendental. Também tinha conhecimento que há quem diga que pratica Psicologia Tibetana.

Às vezes fico cansado de ter uma profissão, um ofício, uma "enxada" em que se pensa que o requisito fundamental é saber falar. E cansado/irritado/preocupado com as pessoas que a fazem, ou que pensam que fazem algo parecido, usando pouco mais do que a sua oralidade, senso comum e verborreia.

E que não conseguem perceber que saber falar é o pré-requisito, nem sequer o requisito mínimo para aquela coisa que alguns teimam em não definir, chamada Psicologia. Que é uma das mais nobres profissões do Mundo. Vendam droga, trafiquem armas ou algo do género. Não a estraguem, nem a conspurquem.

3 comentários:

Deka disse...

Pois é, rapaz. Já vi muita cabecinha estragada por estes 'psicólogos'.
Sobretudo pelo nosso padre-psicólogo' aqui da Terceira.

psilipe disse...

Qual deles?... :)

psilipe disse...

É que lembro-me de, pelo menos, dois...