sexta-feira, 8 de julho de 2011

Nick...

Peço desculpa pelo meu afastamento de ti, nos últimos tempos... Não sei explicar porquê mas tenho-te trocado por coisas diferentes, mas digo-te aqui que continuaste sempre no meu coração. A patroa trouxe-me a Blitz desta semana, em que estás na capa, e lembrei-me de tudo... Das madrugadas a ouvir o Murder Ballads e o Boatman's Call, das músicas do Henry's Dream que dançava (mais ou menos...) no Buraco Negro, em Coimbra... Lembrei-me da leitura obsessiva das letras e da tua biografia. Prometo que não te voltarei a abandonar por tanto tempo. Saudações, psilipe


PS: este vídeo, estranho para o nosso Nick Cave, é uma sátira aos canais de música plastificados que o senhor sempre desprezou, ao ponto de ter rejeitado, por uma questão de coerência, um prémio da MTV. Quando lhe foi pedido que fosse realizado um vídeo para esta música, Bring It On, Nick Cave perguntou o que é que estava na moda. Responderam-lhe que os vídeos com mais sucesso eram vídeos simples com jovens de biquini em fundo. Meu dito, meu feito... Genial.

4 comentários:

André Benjamim disse...

agora que estavas no bom caminho, tens uma recaída!

Guilhim disse...

Fui eu que cliquei no +1 (?!wtf)...

Nick Cave será sempre aquela adolescência tardia!! E o Buraco... onde troquei a companhia de um namorado (que deus o tenha em descanso por muitos e bons anos) para "dançar" contigo aqueles minutinhos!!

Bons tempo caramba!!

psilipe disse...

André: esclareço que a recaída foi deixar de ouvir Nick Cave durante tempo demais... Agora, estou outra vez nos carris e gosto! ;)

Guilhim: acho que posso dizer que, nessa adolescência tardia que falas, partilhávamos muitos gostos e interesses. Não falarei aqui do gosto por adolescentes parasuicidas, mas realmente o Nick Cave tinha um certo significado para nosotros. Podes não acreditar mas lembro-me dessa noite no Buraco. Bons tempos, realmente. Não me lembro, sinceramente, de quem era o teu namorado, mas teria dado jeito, na altura, ter percebido que o tinhas trocado por este escriba! A minha auto-estima teria beneficiado disso, o que em fase de crescimento teria sido óptimo! :) Bjs

Cátia Oliveira disse...

Do que conheço do Nick...ele vai entender! ;)

P.s Voltamos sempre aos melhores, é o que é!