sábado, 27 de agosto de 2011

Flores # 6


Uma vista da Aldeia da Cuada, na Fajã Grande, Ilha das Flores. Um dos melhores empreendimentos turísticos que já conheci, que prova que é possível investir nos Açores, sem perverter a natureza, sem prejudicar o ambiente, salvaguardando aquilo que é açoriano, genuíno e único. Mesmo numa ilha pequena é possível, com criatividade, coragem e respeito por todos os valores fundamentais, constituir um motor de desenvolvimento económico excelente... No fundo, como se cria coesão dalgumas ilhas, sem necessidade de grandes rótulos, programas mirabolantes e ocos e discursos plenos de vacuidades...

Sem comentários: