domingo, 30 de outubro de 2011

Resmas, paletes de vestígios egípcios na Terceira... será?...

Deambulando pela Internet, em busca de mais informações sobre as (pseudo)relações da Ilha Terceira com o Antigo Egipto, dei com um site relacionado com o Antigo Egipto, onde constato esta pérola... Reconhecem o nome?... 

Agora a sério, até porque não quero ficar conhecido como o arqui-inimigo de Fernanda Durão*, se a senhora descobriu tantos vestígios da sua teoria, porque não mostrá-los?... E, já agora, esclarece-se que a senhora em questão é jornalista, não sendo uma supra-sumo da ciência arquelógica e/ou antropológica como alguns terceirenses gostam de defender, desejosos de um argumento para engrandecer a ilha, como se tal fosse preciso...



* Muito embora esta história já me tenha valido ser abordado na rua... E sai uma saudação para o amigo DePadua!

7 comentários:

André disse...

Podes começar a enviar CV's para o teu novo trabalho: Área Pretendida: «Arqui-inimigo» ahahah. Abraço forte.

psilipe disse...

Não me safava nessa linha de trabalho... Já na de somar "arqui-inimigo" talvez. ;)

Guilhim disse...

Com jeitinho ainda descobrem a estátua do "tareco"... isso sim era um grande achado!

Rafeira disse...

Essa senhora é doida varrida... Desculpem lá a sinceridade!

psilipe disse...

Guilhim: imagina a cena... um buraco no meio de um terreno verdejante. Uma leve brisa agita as criptomérias que se avistam no horizonte, os melros propiciam a banda sonora a um momento bucólico tranquilizante. Subitamente, emerge, do buraco cavado no chão, um dálmata de louça egípcio agitado por uma sexagenária, que grita a frase "Ilha do Ovo Cósmico"!

R.: ora aí está um diagnóstico acertado... sem ser preciso pedir desculpa!

Luigi DePadua disse...

Adoro esta senhora. Ela, juntamente com os nossos melhores comicos Nacionais, conseguiriam dar um bom Espetácuo de Stand up.

psilipe disse...

Nem mais, Luigi. Neste caso seria um stand down comedy, enquanto a senhora escavava o palco.