quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

A beleza das coisas simples...

Na mensagem de Natal, por via electrónica, que enviei a alguns amigos e conhecidos, apeteceu-me brincar com um excerto do hino FMI de José Mário Branco...

Apeteceu-me desejar que, em 2012, consigamos fazer a troika tremer de medo por se ter metido com um país de poetas... O José, da notícia abaixo do jornal Público, já começou a fazê-lo e está de parabéns por isso.

Sem comentários: