domingo, 11 de dezembro de 2011

Uma escolha difícil... um dilema...

Depois de ver o noticiário, não consigo definir o que é mais ridículo... Alberto João Jardim a proferir a enésima referência subliminar à independência da Madeira num comício* ou o mesmo personagem a entoar o Jingle Bells, num comício, com sotaque madeirense.

* Mas será que este homem não se farta disto?!

Sem comentários: