domingo, 29 de janeiro de 2012

Uma sugestão gastronómica...

Sim... efectivamente, o mundo deve estar para acabar, como proclamam alguns arautos da desgraça. Só isso pode justificar o facto de psilipe se estar a voltar para as lides gastronómicas e de, supreendei-vos, recomendar receitas em que alterou aquilo que estava escrito, melhorando a mesma.

Aqui ficam umas letras que, depois de respeitadas, permitem confeccionar uma bela jantarada.

Receita de Tortellinis Gratinados (dá para quatro pessoas ou para dois psilipe)

Ingredientes a comprar:
- 500 gramas de tortellinis (por exemplo, daqueles verdinhos com ricotta com espinafres) - poderão sempre fazer os torellinis em casa ou experimentar com raviolis;
- 1 cebola bem picadinha;
- 2 folhas de louro;
- 4 dentes de alho;
- 400 gramas de tomate pelado em lata;
- azeite a gosto;
- 150 gramas de bacon;
- 150 gramas de cogumelos inteiros e não laminados;
- 500 gramas de molho béchamel;
- 150 g de mozzarela ralada;
- Orégãos, sal e pimenta q. b.

Como preparar:
1. Numa panela, com bastante água a ferver, tempere com sal e um fio de azeite.
Junte aos poucos os tortellinis. Deixe cozer o tempo necessário até que fiquem "al dente". Depois de cozidos, retire-os e deixe-os repousar. Idealmente, não deverão estar muito tempo, antes de os adicionar ao molho.

2. Numa frigideira grande, tipo wok, leve ao lume o azeite, a cebola, os alhos e a folha de louro.
Mexa e deixe refogar um bom bocado, sem deixar queimar o alho em excesso. Após um pouco junte o bacon e os cogumelos (recomendo daqueles pequenos, cortando-os ao meio, sem laminar que ficam muito bem visualmente).

3. Junte o tomate pelado de lata e deixe refogar bem, enquanto mexe. Tempere com sal, pimenta e orégãos. Mexa e deixe fritar um pouco, sem exagerar.

4. Depois de tudo estar cozinhado, retire as folhas de louro e junte os tortellinis que estavam a repousar (o menor tempo possível), mexendo vigorosamente para misturar tudo. Deixe cozinhar um pouco para tomar gosto, mexendo sempre que necessário para que não pegue ao fundo.

5. Num tabuleiro de ir ao forno, coloque no fundo um pouco de molho béchamel e espalhe bem por todo o fundo. Por cima espalhe o preparado e cubra-os com o restante molho béchamel. Polvilhe com o queijo ralado, de forma abundante.

6. Leve ao forno a gratinar nos 180º aproximadamente 30 minutos. Depois de gratinado, retire, sirva e agradeça ao psilipe o repasto.

Isto calha bem, com um tinto jeitoso... Duas sugestões: Burmester (está a uns cinco, seis euros nos hipermercados) ou Quinta do Cabriz Reserva (uns quatro euros). Para entrada, um pão de alho cairá bem...

A receita foi retirada daqui, e alterada por mim depois de ter experimentado fazer isto por duas ou três vezes. Penso que fica melhor com as pequenas alterações que descrevo...

4 comentários:

Cátia Oliveira disse...

Quando vieres a Coimbra, já sabes! :):)Eu disponibilizo a minha cozinha!
Beijinhos

RD disse...

Bem, com esta é que "arremataste" tudo! Bem, um dia que venha a ter uma casa (com a ajuda do banco) irei disponibilizar a cozinha para prepares e aprimorares os teus dotes culinários:)

Manuela Cunha disse...

Para quem acabou de beber uma chávena de leite com uns míseros cereais fiquei com apetite!!!

psilipe disse...

Cátia: convite aceite!

RD: venha lá esse teu castelo...

Manela: queres que envie uma dose pela DHL?