quarta-feira, 18 de abril de 2012

GR(H)

É impressionante como a (aparente?) complexidade da gestão de recursos humanos acabe por levar a que as pessoas se fiquem pela simples gestão de recursos, desprezando a componente humana, aquela que, no fundo, constitui o verdadeiro catalisador das organizações...

Sem comentários: