segunda-feira, 28 de maio de 2012

EUA: a sociedade que não acredita em bruxas, simplesmente precisa de acreditar em bruxas...

Nick Hanauer é um senhor que, pelo que pude perceber, tem dinheiro para burro, que ganhou com vários negócios de sucesso relacionados com a Internet. Nick Hanauer tornou-se mais conhecido, ainda, pelo facto de uma conferência que realizou nas TED Conferences ter sido censurado por tal organização, ao não ser divulgado na Internet no site da mesma.

E porquê, perguntar-se-ão? Porquê censurar uma conferência, num espaço que se distingue pela forma como se dá voz à criatividade, irreverência, inovação e pensamento "out of the box"? 

Na sua conferência, o milionário Nick, num exercício que considero refrescante, defende um novo modelo de organização fiscal, que privilegie uma maior sobrecarga das classes mais abastadas (o propalado 1%), sustentando que o poder de Criação de emprego está na classe média, e no seu poder de consumo, e não na classe dos capitalistas empreendedores, tão endeusados na sociedade americana. Defende que o reforço do poder de compra da classe média, que evoluíu a uma velocidade bem menor do que os ganhos do tal 1% mais privilegiado, permitiria alavancar a economia de uma forma bem mais pujante, permitindo que os mais ricos continuassem o seu nível de enriquecimento associado a uma maior qualidade de vida e maior rendimento anual daqueles que beneficiam de menor fulgor na sua conta bancária.

Claro que o senhor não é um perigoso esquerdalho", defendendo, simplesmente, aquilo que pensa ser a forma de conseguir aumentar, ainda mais, os seus rendimentos... no entanto, professa um conjunto de ideias que penso serem dignas de atenção e que o tornam tudo menos um perigoso incendiário, doutrinário de esquerda. Pena que, tal como já se sabia e tal como noutras sociedades, não haja espaço para a troca de ideias livre na sociedade americana. A censura realizada é um claro exemplo disso... 

Quando já não existem bruxas para caçar, há que inventá-las...

Abaixo, fica o vídeo da conferência do senhor Nick Hanauer, numa universidade americana.


No vídeo seguinte, encontramos uma entrevista/interrogatório realizada por um profissional da FOX News, estação televisiva que funciona como megafone ultraliberal no país do Tio Sam, assumindo a sua parcialidade e enviesamento e a sua saga contra a presidência de Obama, em nome da América conservadora, ultraliberal e ideologicamente rígida nos seus ideais de Direita. Nele fica visível a necessidade de prosseguir a caça às bruxas, alargando-a o máximo possível... É impressionante como a questão já não é acreditar, ou não, nas bruxas, mas, simplesmente, não saber viver sem elas. Mesmo que elas não existam. O senhor McCarthy, no seu túmulo, deve estar orgulhoso.

Sem comentários: