quinta-feira, 14 de junho de 2012

Facebook ou micro-ondas?!

Há dias, numa conversa com a E. (com quem muito aprecio trocar ideias), reflectíamos sobre a função mico-ondas do Facebook, enquanto território de sensações vãs, requentadas e de projecção de falsos egos, criados de forma plastificada, asséptica e tristemente sedutora (sim... gozai com a minha foto actual de perfil).

Hoje, pelas ruelas do Compêndio das Fuças, encontro esta montagem... ego real versus ego projectado. Alteregos do facebook... tão enganadores como tentadores?

Estaremos condenados a isto? Radicará nesta esquizofrénica dualidade o alicerce do nosso Eu?





Sem comentários: