quinta-feira, 7 de junho de 2012

O Frei Tomás...

Quem conhece psilipe sabe que tal escriba tem uma atracção grande por ditos populares. Acha que em muitos deles reside um potencial enorme e que são, inclusivamente, importantes aliados terapêuticos, permitindo potenciar a retenção das mensagens a transmitir.

Os últimos tempos na Terceira têm demonstrado, no entanto, a perigosidade de tais ensinamentos serem seguidos de forma automática e acrítica...

Diz o povo, na sua sabedoria, que "Bem prega o (Frei) Tomás... faz o que ele diz, não faças o que ele faz".

psilipe recomenda, vivamente, que não façam nem uma coisa, nem outra. Mesmo. Mesmo que isso faça de vocês pessoas, supostamente, perturbadas e que vos ponha a jeito para uma qualquer perícia psicológica que, inevitavelmente, irá parar a um ou outro cliché freudiano.

Assim sendo, não faças o que ele diz, nem faças o que ele faz... Nosso Senhor perdoar-vos-á...

Sem comentários: