segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Heróis...

Um texto de José Luís Peixoto sobre Francisco Lázaro, atleta português que faleceu nos Jogos Olímpicos de 1912, em Estocolmo.

No fundo, todos precisamos de heróis.

2 comentários:

Sarabia disse...

Grande Francisco Lázaro.

Pois foi exactamente na Maratona que Portugal mais se veio a distinguir no desporto internacional.
Carlos Lopes- Campeão Olímpico
Manuela Machado- Campeã da Europa e do Mundo
Rosa Mota- Campeã da Europa, do Mundo e Olímpica, considerada a melhor maratonista de sempre da história.

...quem sabe uma homenagem...

Um abraço

psilipe disse...

Caro Sarabia, o Francisco Lázaro foi um percursor das glórias portuguesas na maratona... foi também, pela forma como a sua carreira aconteceu e pela forma como morreu, a personagem de uma história trágica, onde se conjugam muitos elementos que estão no ADN português. José Luis Peixoto agarra muito bem esse ponto no seu texto... Um abraço.