sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Se há erro que os psicólogos fazem é...

... quando impõem a sua acção profissional (nem sempre técnica...), cerceando a possibilidade das pessoas poderem enfrentar as suas dores e desafios de uma forma autónoma e auto-suficiente.

É quando impõem a sua acção antes de tempo, mesmo antes de se perceber se uma acção técnica é, efectivamente, necessária. É quando patologizam, quando rotulam antes de tempo.

É quando usufruem do outro para preenchimento do seus egos.

É quando confundem agir profissionalmente, com agir de uma forma tecnicamente correcta.

É quando prostituem a Psicologia para engrandecimento do seu ego e das suas lacunas.

O maior erro de quem com eles contacta? Confundir a forma afirmativa como estes pseudo-mestres se apresentam, e o estatuto de especialistas com que se arrogam, com a real tradução daquilo que são. Profissional e pessoalmente.

Fosse a auto-legitimação um pecado...


1 comentário:

Cátia Oliveira disse...

Pois...não podia concordar mais...e obrigadinho que acabei de usar este post numa formação...;)Com os devidos direitos de autor assegurados...eheheh