terça-feira, 10 de dezembro de 2013

A Central B...

Todo o nosso percurso de vida é feito de lugares. Lugares que marcam, onde aprendemos, onde sentimos, onde partilhamos, onde nos fazemos.

A casa, os locais de família ou a escola são exemplos de lugares que, de forma indelével, deixaram marca na matriz de cada um de nós.

No meu caso, e quiçá de alguns que tenham a distinta pachorra de ler estes meus devaneios, a Central B, do antigo Calhabé, é um desses lugares.

Lugar de aprendizagem daquilo que significa a Académica, de partilha de momentos únicos, de comunhão com quem me ensinou a ser da Briosa, de compreensão do amor a um clube e a uma Causa. Lugar de salutar convívio e de convulsão emocional a reboque da irracionalidade de quem ama.

Esta Segunda-Feira, muitos anos depois, pude regressar a este lugar, em pleno peão do Estádio do Bonfim.

Mau grado a derrota, ficou, para mim, uma bela jornada académica, a qual agradeço a muitos dos que passam pelo blogue Simplesmente Briosa e que, estoicamente, marcaram presença. As boleias para Setúbal, pela reserva de bilhete, pela conversa, pelos risos, pela partilha de algo comum e único.

Há, mesmo, lugares onde queremos regressar. A minha Central B é, definitivamente, um deles. Haverá outras oportunidades, com certeza…

Fica a pena de o “Tito” Costa Santos (simpático académico, um jovem apesar da sua avançada idade) não ter colocado a sua pulseira da sorte logo no início… Aí tinha sido uma cabazada, com direito a hat-trick do Marcos Paulo.

Com os dedos dos pés bem mais quentes, deixo um abraço a todos os que lá estiveram!

Sem comentários: