quarta-feira, 5 de março de 2014

Comunicado (não) oficial de Paulo Fonseca

Povo da Albânia,

venho por este meio comunicar que a minha ligação de trabalho com o Belenenses cessou hoje após acordo amigável obtido hoje de manhã. Já não sou, a partir da hora de jantar, treinador de hóquei em patins do Famalicão.

Muitas razões levaram a este desfecho. A carreira na Taça das Cidades com Feira, desculpem, na Taça das Taças, a má relação com as Panteras Negras (claque do clube), a dificuldade em criar empatia com os órgãos dirigentes da Sociedade Recreativa do clube ou a acumulação de resultados menos positivos podem ser apontados como exemplos.

Continuo convicto que o resultado em Munique poderia alavancar uma época de sucesso. Continuo convencido que, no Salgueiros, poderia dar sequência a épocas de sucesso que tive no Chaves, Paços de Brandão ou Portossantense.

Agora aproveitarei para descansar e fazer um período sabático, procurando estagiar em clubes de nomeada e com treinadores de topo, como Luis Aragonés ou Otto Glória.

Ver-nos-emos por aí, como diria Nuno Morais Sarmento. O meu futuro está escrito nas estrelas, parafraseando Marques Mendes.

Uma boa noite a todos e todas.