quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Das palavras que é uma pena que não sejam usadas mais vezes... - III

Cafagestes.

3 comentários:

Anónimo disse...

Não devias ver tantas novelas...

psilipe disse...

Não foi aí que fui buscar a palavra. Era uma palavra muito usada pelo meu avô materno, bairradino de gema. Era usada com carinho, quando eu, petiz, fazia algo que, ainda que o desafiasse, o divertia.

Anónimo disse...

Em terceirense diz-se:
"Ah, garoto!"