domingo, 15 de fevereiro de 2015

O que se aprendeu, hoje, com a Mariana... - LVII

Que a mentira tem perna curta.

Que tentar evangelizar uma filha, sendo de um clube pequeno e pouco popular, assusta o mais temerário dos pais.


Pai de Mariana - Mariana, vou sair para ver o jogo da Académica.

Mariana - Posso ir contigo? Também queria ver o jogo...

Pai de Mariana - Não...

Mariana - Quando chegares dizes-me logo quanto ficou!

(Académica soma o décimo segundo empate; Académica fica nos lugares de descida; Académica faz mais uma exibição sofrível)

(Pai de Mariana regressa a casa)

Mariana - Quanto ficou o jogo?

Pai de Mariana - Ganhámos!

Mariana - Boa!!!

(Vergonha... vergonha...)

(Dez minutos depois, a avó da Mariana liga...)

Avó de Mariana - Filho, quanto ficou o jogo?

Filho da avó de Mariana - Espera... tenho que ir responder à varanda.

Avó de Mariana - Porquê?

Filho da avó da Mariana - Hmmm.... Já explico. (Varanda) Porra. Empatámos, outra vez.

Sem comentários: