As vantagens de ficarmos em último...

Primeiro, não temos que olhar para trás a ver se alguém nos apanha, o que nos torna ainda mais rápidos, mesmo muito mais rápidos. Menos lentos, vá. Caracóis hiperactivos, pronto.

Segundo, recebemos mais palmas de quem está na meta, num misto de simpatia e empatia. 

Terceiro, podemos fazer aquela piada do "fiquei em primeiro! A sério? Sim, a contar do fim".

Mesmo, assim, mesmo com todas estas vantagens inexcedíveis, gostei mais quando fiquei em penúltimo. Nunca passei daí, diga-se.

(Para os mais atentos, na primeira foto, estou à beira de levar uma volta de avanço do queniano que está de vermelho...)




Comentários

Mais lidos

Mais um lugar esquecido: uma universidade esquecida

Os sanatórios do Caramulo nos dias de hoje...

Grande Sanatório e Pavilhão de Cirurgia - Caramulo

Lugares esquecidos: Central Hidroeléctrica da Companhia do Papel do Prado (Casal do Ermio)

Um hospital moribundo na Cidade Património

XXVIII Meia Maratona dos Bravos: Missão comprida ou cumprida?

A fuga dos conquistadores do Jamor...

Inspiração para uma vida feliz

O que se aprendeu, hoje, com a Mariana... - LXXXIX