O que se aprendeu, hoje, com a Mariana... - LXXVI

Que a sua avó materna tem, mesmo, sempre razão.

Que quando Filipe era petiz e ouvia "quando chegares cá, e fores pai, vais ver" a avó da Mariana tinha toda a razão.

Que quando Filipe não conseguia entender a estranheza com que os pais lidavam com os jogos de computador, consolas e afins, isso só era uma expressão da sua imaturidade. Ainda que o seu pai fosse um craque num jogo chamado Duck Hunt... E, diga-se, o avô da Mariana não se safava mal no Tetris.

Que há saltos que se dão sempre, quando alguém cresce. Que há saltos que quem já cresceu muito, não consegue acompanhar. Por muito que queiram.

A princesa descobriu o Youtube. Aos sete anos o esforço dos pais é uma formiga ao pé de dezenas de pares da princesa na escola e ATL.

A princesa, para desgosto do seu pai descobriu os youtubers. Para desgosto ainda maior, descobriu só os brasileiros. Sem desprimor para os nativos do país de terras de Vera Cruz, são ainda mais chatos.

Filipe não consegue entender aquilo. Filipe não consegue lidar com a sua princesa a falar em brasileiro, numa cadência compassada, aos soluções, entre uma overdose de onomatopeias ao mínimo movimento de uma personagem do Minecraft ou do Roblox. Filipe tenta imitar. A princesa diz que não é parecido. E não é.

A princesa teve um novo gato, a Alice. Pequenina, mexida, curiosa e perspicaz. Como a princesa.

Antes de o receber, Filipe pergunta cheio de medo da resposta, naquela estupidez típica dos pais, se a Princesa prefere brincar com um gatinho novo cá em casa ou ver vídeos de youtubers. Princesa responde que prefere o gatinho. Filipe respira. Acrescenta que prefere as duas coisas. Filipe inspira e inicia a marcha para a hiperventilação. Mas que o gatinho era bem melhor e que os vídeos são menos importantes. Filipe respira, outra vez. Faz-se silêncio a seguir. Filipe tranquiliza-se.

Até à próxima vez em que tem que dar razão à senhora sua mãe. Quando estamos do lado de lá, há coisas que são difíceis de entender.

Comentários

Maria Vargas disse…
Querido amigo, as hiperventilações ainda nem começaram e,fazem parte da aprendizagem !!! Os filhos são tramados !! Não somos ?
Abraço.

Mais lidos

Mais um lugar esquecido: uma universidade esquecida

Os sanatórios do Caramulo nos dias de hoje...

Grande Sanatório e Pavilhão de Cirurgia - Caramulo

Lugares esquecidos: Central Hidroeléctrica da Companhia do Papel do Prado (Casal do Ermio)

Um hospital moribundo na Cidade Património

XXVIII Meia Maratona dos Bravos: Missão comprida ou cumprida?

A fuga dos conquistadores do Jamor...

Inspiração para uma vida feliz

O que se aprendeu, hoje, com a Mariana... - LXXXIX